Tudo sobre fitas adesivas: como são feitas, cuidados e modelos!

Seja na aplicação industrial ou residencial, as fitas adesivas são essenciais desde o uso para fechamento e reforço de embalagens até fixações de peças automotivas ou objetos de decoração.

Como são feitas

Para entender melhor do que são feitas as fitas, elas são compostas basicamente por dois materiais: filme e adesivo. Ambos terão variações de acordo com sua finalidade de uso.

Os filmes podem ser de material plástico ou papel, por exemplo. Por sua vez, os adesivos gomados podem ser feitos tanto de acrílicos à base de solvente ou água, como resina, e borracha natural ou sintética.

Modelos mais populares

Existem duas categorias de fitas adesivas no mercado para atender a diferentes necessidades de uso, que são os modelos de face simples, com adesivo gomado em apenas um lado; e as fitas dupla face, aderentes nos dois lados.

Entre as opções de menor custo, estão as populares fitas adesivas de polipropileno, as famosas fitas transparentes muito utilizadas para lacrar embalagens, sobretudo caixas de papelão. São produtos de excelente adesão e alta resistência ao rasgamento. Há também a conhecida versão na cor marrom, que desempenha igual função.

As fitas adesivas de papel gomado atingem uma vedação tão forte à embalagem de papelão que é impossível removê-la sem deixar fortes marcas. Por esta razão, se torna a melhor opção no transporte de itens de maior valor.

Já os modelos dupla face são a solução para quem busca métodos alternativos ao uso de pregos, parafusos e rebites, pois é fácil de usar e tem custo relativamente baixo. No uso industrial são perfeitas para, por exemplo, unir peças de maneira permanente ou em casos que demandam maior firmeza, como na fixação de espelhos.

Cuidados para garantir o melhor uso

Alguns pontos de atenção são importantes para garantir melhor eficiência no uso das fitas, pois não adianta ter a melhor embalagem se a sua selagem não for a mais adequada.

Manter o local de aplicação sempre limpo, observar onde será aplicada, em superfícies rugosas, por exemplo, o uso mais indicado é de adesivos mais espessos. Para caixas de papelão, fitas gomadas são ideais. Temperatura, exposição à luz do Sol e contato com produtos químicos também podem alterar a funcionalidade do adesivo. Exercer pressão sobre a fita também garante uma maior adesão.

Portanto, um material de qualidade precisa ter um excelente nível de aderência, isto é, é preciso força para removê-lo; alta coesão, que significa que ao ser removida, a fita adesiva não deixará resíduos na superfície; e ser resistente ao rompimento quando submetido a fortes trações de força ou carga.

As melhores fitas do mercado e a garantia do maior custo-benefício estão na Manuli Fitasa, procure nossos produtos em lojas especializadas.

By | 2018-09-13T17:19:04+00:00 13 de setembro de 2018|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment